Um dos maiores investimentos em marketing que a sua empresa pode fazer é tornar seu colaborador fã da sua marca

Publicado por Tatiane Dias Abib em

Um dos maiores investimentos em marketing que a sua empresa pode fazer é tornar seu colaborador fã da sua marca

Você provavelmente já ouviu falar sobre o Marketing de Indicação/Referral Marketing que a grosso modo é um método para promover produtos e/ou serviços para prospects através de indicação. Na maioria das vezes essas indicações acontecem espontaneamente, mas você pode tirar vantagens disso de forma estratégica.

Hoje em dia o mercado é movido a indicações, você tem chances maiores de contratação em uma empresa se alguém de dentro já tiver referências suas. O mesmo funciona se você quer adquirir um produto e fechar um contrato novo com alguém que já possui indicações do seu trabalho. Mas com o passar dos anos e das experiências profissionais, notei que as empresas deixam de lado um tipo específico (e muito importante) de referência: a imagem que o seu ex ou até mesmo atual colaborador leva do seu negócio para o mercado.

E eu já vi essa falta de preocupação levar duas empresas a falência

Seu cliente está em contato indireto com os seus colaboradores e se você não cuidar do bem estar psicológico e físico da sua equipe, isso vai refletir no seu faturamento.

Mas como investir no bem estar da minha equipe aumenta a reputação da minha empresa no mercado e porque isso é importante para prospectar clientes?

Hoje em dia diversas plataformas como o ReclameAqui e LoveMondays/Glassdooroferecem uma gama enorme de informações sobre uma empresa e está ao alcance de qualquer um com apenas uma busca no Google, e engana-se quem pensa que somente profissionais buscam a reputação de uma empresa na internet antes de tomar uma decisão. Seus clientes e futuros clientes também fazem isso.

Investir no bem estar da sua equipe te trará diversas vantagens como aumento na produtividade e melhores referências na sua segmentação de mercado, mas essa não é a parte mais importante, você terá colaboradores com sentimento forte de pertencimento e orgulhosos em fazer parte da sua história e eles irão, com certeza, levar isso para fora do ambiente de trabalho.

Engajando sua equipe com estratégias de endomarketing e a importância da comunicação interna para o seu negócio

Endomarketing é uma estratégia de marketing voltada para o público interno da empresa. São diversas ações que partem desde os diferenciais oferecidos aos profissionais até o estabelecimento de uma cultura que beneficie à todos.

Você só vai saber quais ações de endomarketing funcionarão para a sua equipe quando passar a se preocupar com comunicação interna. Ouvir as necessidades dos seus colaboradores dentro do ambiente de trabalho, mapear problemas na cultura organizacional e entender quais desafios devem ser superados para aumentar a produtividade do time é o começo do sucesso.

Você pode obter essas informações com a ajuda da equipe de RH: através de feedbacks mensais (ou trimestrais – a frequência depende do funcionamento da sua empresa), pesquisas de clima organizacional, pesquisas de satisfação. O importante é que os colaboradores tenham um canal aberto para falar o que pensam e dar sugestões, só não se esqueça de fazer com que cada um se sinta seguro e confie que pode sugerir mudanças e criticar algum processo sem ser prejudicado.

Porque o endomarketing favorece o desenvolvimento profissional e pessoal dos seus colaboradores e como colocar isso em prática?

Quando você investe no desenvolvimento da sua equipe, seja com ações voltadas ao aprendizado como cursos e workshops ou de trabalho em equipe e fortalecimento de vínculo entre seus colaboradores, seu investimento voltará em forma de produtividade e esforço. A consequência? Satisfação do cliente.

Mas como dar início a uma estratégia de endomarketing?

1. Crie integração entre o time

Todas as datas comemorativas são uma oportunidade de criar um ambiente descontraído para a equipe se conhecer, interagir e criar vínculos entre si. Confraternizações, cafés colaborativos, aniversariantes do mês, happy hour. O que importa é que a empresa promova esses eventos e os colaboradores percebam que isso faz parte da preocupação com o bem estar de todos.

É imprescindível que os gestores estejam presentes e interajam com os membros da equipe de maneira saudável, sem abordar assuntos de trabalho e cobranças de entrega. Demonstre interesse em saber mais das pessoas e o que elas fazem quando não estão trabalhando.

Você pode sugerir outras atividades que não sejam necessariamente confraternizações. Algumas empresas oferecem meditação e yoga pela manhã, caminhadas e exercícios físicos em conjunto 1 vez por semana e muitas empresas oferecem os dois! As atividades variam de acordo com o perfil do seu time.

2. Empodere bons exemplos da empresa

Remuneração e promoções são esperadas e ajudam a motivar a equipe, mas você pode fazer a diferença com pequenas ações que também causem sensação de pertencimento e aquele quentinho no coração de reconhecimento.

Premie seus colaboradores avaliando pontos comportamentais e profissionais deles como: o mais simpático, o mais engraçado, o mais criativo, o mais pontual, o mais engajado e por aí vai. 

Use as ferramentas de feedback para pedir aos colaboradores, individualmente, elogiarem algum colega e pontuarem características boas dele no ambiente de trabalho. Bonifique os colaboradores citados com pequenos prêmios e deixe claro que foi uma escolha de toda a equipe.

A mensagem que você irá passar deve ser clara: obrigada pela dedicação e tempo investido em nossa empresa.

3. Invista em cursos e capacitação

De acordo com uma pesquisa do MIT, um dos parâmetros de valorização de um colaborador dentro de uma empresa é o quanto ela investe no crescimento profissional dele. 

Vai promover alguém? Ofereça um curso que ensine coisas novas em sua segmentação. Contratou um novo gestor ou coordenador? Invista em cursos de liderança e trabalho em equipe. Crie ações mensais de bonificação onde os colaboradores que tiverem mais destaque dentro da empresa têm direito a um curso de sua escolha. Ao aprender mais, nos sentimos seguros em nossas tarefas e motivados no dia a dia. 

Investir em capacitação não tem erro, o sentimento de valorização e pertencimento é uma busca constante dos profissionais que pode ser conquistada ao mostrar que eles podem crescer e aprender dentro da sua empresa.

4. Seja um gestor presente

Não restrinja o relacionamento que você tem com seus colaboradores ao ambiente de trabalho. Demonstrar disposição em ouvir e conhecer cada um, individualmente, pode criar um laço de confiança que nem sempre é fácil de conquistar quando existe um distanciamento entre equipe e gestão. Chame membros do seu time para almoçar uma vez por mês, realize uma troca de ideias, mostre que está interessado no que eles tem a dizer.

5. Saiba dar e receber feedbacks

Uma das práticas mais usadas nas empresas e é uma ferramenta poderosa para a melhora da cultura organizacional e entendimento das expectativas é o feedback.

Todos os colaboradores têm o direito de receber um retorno de seu desenvolvimento dentro de seu escopo de trabalho, quais são suas principais características positivas e pontos de melhora dentro do ambiente corporativo. 

Certifique-se que a equipe também avalie seus gestores e os benefícios da empresa de maneira geral, como convivência com os colegas e o clima no dia a dia. Possibilite que eles digam se estão satisfeitos no que diz respeito a sua carga horário e sua remuneração! A princípio pode parecer um tiro no pé, mas você irá se surpreender com o retorno que receberá dos colaboradores.

Você pode realizar esse feedback de maneira oral ou escrita e caso sinta que seu time ainda não tem confiança suficiente na gestão para dar sugestões de melhoras, a estratégia de retorno dos colaboradores para os gestores pode ser feito de forma anônima, basta os membros das equipes identificarem para quem eles respondem diretamente. Nesse momento você deve contar com o RH, que irá filtrar o que deve ou não ser repassado com o intuito de evitar frustrações e desconfortos entre os times.

Como o Marketing e o RH trabalham juntos na construção da satisfação pessoal e profissional de um colaborador?

O objetivo principal das duas áreas é engajar pessoas, mas cada um com sua particularidade.

Porém, no caso da equipe de RH e Departamento Pessoal, o engajamento interno é o principal foco, tendo como objetivo melhorar a produtividade e aumentar a motivação da equipe. Também é importante fazer com que os colaboradores estejam alinhados com as expectativas de resultado dos gestores, mas recebendo qualidade e vida em troca.

Com a equipe de Marketing a meta é um pouco diferente, uma vez que o endomarketing também ajuda a engajar o público externo, tendo como foco a construção de uma reputação junto a parceiros e clientes. Assim, a empresa se torna referência no mercado e a estratégia de engajamento interna abre caminhos para mais resultados de negócio.

Toda estratégia de comunicação interna e ações de endomarketing devem ser elaboradas e alinhadas entre os dois setores, qualquer divergência de comunicação será considerada pelos seus colaboradores como falta de organização e descaso com o time.

E por fim, o clima organizacional…

Passamos muito tempo em nossos trabalhos, fazendo quase sempre a mesma coisa e convivendo com as mesmas pessoas, por isso, investir em ações de endomarketing ajudam a tornar o clima organizacional mais agradável.

Botar essas ações em prática pode evitar fofocas, intrigas e estresse, entre outros problemas em ambientes corporativos que conhecemos por aí. Você irá gerar empatia e respeito entre os colaboradores, confiança entre os times e a gestão além de construir um ambiente saudável onde as pessoas não só aturem, mas gostem de estar e queiram permanecer e construir uma história profissional de sucesso.

Categorias: Equipe

0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *